Oficialmente, ou seja, sem customizações, o título de caminhão mais potente do mundo ainda pertence ao Volvo FH16 750, de 750 cv. No entanto, nem mesmo a casa dos 1.000 cv de potência foi suficiente para as empresas preparadoras, que desenvolvem projetos customizados para cada caminhão, sossegarem.

Pelo perfil dos caminhões preparados que temos hoje no mercado, com turbos e até turbinas aeronáuticas instaladas, o mínimo aceitável parece ser mesmo o de 1.000 cv, porém, pode alcançar surreais 36.000 cv de potência. Confira 6 máquinas que ultrapassaram a barreira dos 1.000 cv de potência:

6Kamaz 4326

Pouco conhecida no Brasil, a russa Kamaz é o terror das fabricantes que participam do maior rali do mundo, o Rally Dakar. Multicampeões na prova, os caminhões da marca são preparados para qualquer desafio, tanto no deserto quanto no gelo das regiões mais frias da Rússia. O modelo 4326 é um exemplo do quão audaciosa é a customização dos veículos Kamaz. O caminhão conta com motor V8, de 16.2 litros a diesel, que entrega 1.000 cv de potência. Para aguentar os desafios do Dakar, o caminhão conta com suspensão reforçada e sua transmissão automática de 16 velocidades completa a parte de força. Recentemente, o grandalhão, de 10 t e com capacidade para levar até 1.000 litros combustível, participou de um desafio no gelo, onde saltou por uma distância de 37 m a uma velocidade de 140 km/h. O monstro da Kamaz atinge a velocidade de 100 km/h em 11,5 segundos.

Anterior