A Agrale divulga que já possuía a liderança nacional de chassis leves e encerrou outubro como líder de vendas de chassis para ônibus do País. A empresa atingiu 608 unidades comercializadas, com crescimento superior a 20% em relação a setembro deste ano.

No acumulado de 2008, a Agrale registrou volume de 4.830 unidades vendidas, com aumento de 65,7% em relação ao mesmo período de 2007, mantendo-se como a terceira maior fabricante de chassis para ônibus do Brasil. Entre os modelos mais vendidos, estão o MA 10.0, para microônibus com até 9 metros de comprimento, e o MA 15.0, desenvolvido para ônibus urbanos com até 11 metros de comprimento.

Para Hugo Zattera, presidente da montadora, \”o bom desempenho se deve principalmente ao  atendimento do programa Caminho da Escola, do Governo Federal\”, criado no ano passado com o objetivo de oferecer transporte escolar inicialmente para as zonas rurais dos municípios brasileiros, possibilitando que estudantes de todas as idades tenham condução adequada de suas casas até as instituições de ensino.
Caminhão leva pilotos para corrida

Pelo terceiro ano consecutivo o caminhão Agrale foi o veículo oficial do Drivers Parade do GP do Brasil de Fórmula1, realizado recentemente no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O modelo utilizado na edição 2008 foi o recém-lançado Agrale 13000.

Com Peso Bruto Total (PBT) de 13.000 kg, o caminhão Agrale foi desenvolvido principalmente para o transporte de cargas fracionadas em trajetos de curtas e médias distâncias, para bebidas, operações logísticas, hortifrutigranjeiros, materiais de construção, produtos cerealistas e serviços gerais em prefeituras. Entre as principais novidades está o câmbio de seis marchas sincronizadas que permite engates mais suaves e precisos.

O Agrale 13000 incorpora soluções práticas para o dia-a-dia, como o volante com a função de \”prancheta\” para preenchimento de documentos e guias; console central entre os bancos dianteiros, com porta-copo e porta-objetos, e espaço para utilização de computadores portáteis e equipamentos para emissão de notas fiscais e pedidos.