Inconformados com as condições de trafegabilidade das BRs 472 e 290, que ligam Uruguaiana/RS a São Borja e Porto Alegre, respectivamente, carreteiros do município anunciaram ontem a decisão de apoiar a movimento a ser promovido pela ABCAM- Associação Brasileira de Caminhoneiros, de 26 a 28 de julho. Segundo o presidente do Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários e Transportes de Bens (Sincaver/Trabens), Néri de Oliveira, os associados deverão, a partir da próxima Segunda-feira, montar piquetes nas saídas das duas BRs e um posto de panfletagem na cabeceira da ponte internacional para sensibilizar outros profissionais a pararem os veículos em protesto contra a condição das estradas. O tráfego de ônibus será normal. Os carreteiros, conforme Oliveira, querem que o governo federal recupere, com verbas já definidas em orçamento, as duas principais rotas do Mercosul, englobando pista, acostamento e sinalização. Na região, a categoria defende a construção de nova ponte sobre o rio Ibicuí, que conta com uma só pista.