A Continental irá trazer no final deste ano ao Brasil a tecnologia TSR (Tubeless Sealing Ring), destinada à frotas de empilhadeiras e de rebocadores industriais. Esse sistema permite a montagem de pneus sem câmera em aros convencionais com câmara da indústria. Trata-se de um composto por anel de borracha reforçada com válvula integrada. A empresa explica que o anel tem a função de selar o ar contido dentro do pneu, substituindo o conjunto câmara mais protetor presente nos sistemas atuais.

A Continental acrescenta que os pneus com câmara apresentam rápida perda de pressão quando furados, gerando riscos para a carga, equipamento e operador. Nestas condições, obrigam a imediata suspensão do serviço para que o reparo seja feito, além do risco de a válvula não suportar a pressão de ar e explodir.

Ricardo Dias, supervisor de vendas da Divisão de Pneus Industriais da Continental do Brasil, explica que por meio do sistema TSR da empresa, a perda de ar no caso de furo no pneu se dá de forma gradativa, reduz o risco de acidente e permite que o equipamento continue se movendo, sem comprometer a operação. \”Desta forma, o reparo não precisa ser feito imediatamente, os pneus têm a durabilidade aumentada e o processo de montagem, além de mais simples, é bem mais rápido\”, complementa o executivo.