Revista nº 428

Futuro incerto

Polêmica sobre o destino da área utilizada atualmente como estacionamento do Terminal de Cargas Fernão Dias gera especulações, boatos e preocupações. Fontes da prefeitura municipal - dona do terreno - informam que o espaço será reintegrado e, após legalizado, o estacionamento passará a ser administrado por uma empresa

Moeda da estrada

Criticada, principalmente por dividir em combustível, cheque e dinheiro o valor a ser recebido pelo carreteiro, a carta-frete continua firme e forte no seu papel de instrumento de pagamento de fretes e movimentando boa parte das vendas de óleo diesel em postos de combustível

Zona de perigo

Falta de investimento, condições geográficas desfavoráveis e o grande fluxo de veículos pesados, mais a imprudência de motoristas são fatores que têm contribuído para colocar Minas Gerais entre os Estados que possuem as rodovias mais perigosas e com alto número de acidentes

Agenciador virtual

Empresa disponibiliza contratação do frete através da internet e celular para para transportadores, operadores logísticos e motoristas autônomos

Massimo amplia oferta de leves da Iveco

Nova versão do Iveco Daily tem suspensão dianteira mais reforçada, rodas maiores e capacidade para 7 toneladas de PBT, entre outras alterações que o deixam em posição de destaque para competir no segmento de caminhões leves

Atendimento pela fidelidade

Fabricantes de caminhões investem cada vez mais nos serviços de atendimento pós-vendas como forma de garantir o desempenho de seus veículos, satisfazer as necessidades dos clientes e mantê-los fiel à marca

Perda de tempo e multas

Carreteiros que descarregam nos terminais do Porto de Santos/SP reclamam que além de perderem muitas horas esperando enfrentam ainda o problema das multas que recebem por estacionarem nas vias locais enquanto aguardam na fila

Falta manutenção

Ausência de manutenção preventiva e frota de caminhões com idade média acima de 10 anos são fatores que comprometem a segurança e coloca em risco a vida de pessoas na estrada

Manutenção, uma questão de opinião

Peças genuínas, preocupação com o histórico do caminhão, entre outros itens levam transportadores a fazer a manutenção nas redes autorizadas, mas existem aqueles que preferem oficinas de confiança para realizar as revisões

Grupo de risco

Por serem mais susceptíveis a doenças periodontal e terem maior risco de infecções, o que pode aumentar a resistência tecidual à insulina, pessoas diabéticas devem estar mais atentos à higiene bucal
- Publicidade -
- Publicidade -

ESTE MÊS

NOSSAS REDES SOCIAIS

124,755FãsCurtir
1,733SeguidoresSeguir
1,419SeguidoresSeguir
3,130InscritosInscrever

GALERIA DE FOTOS

Mais Lidas da Semana

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS
RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS