Dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) mostram queda no licenciamento de caminhões em abril. Foram 4.202 unidades  em abril contra 4.843 em março, resultado 13,2% negativo. O mesmo cenário se repete no acumulado do ano. Nos quatro primeiros meses de 2016 foram comercializadas 17.313 contra 25.095 no mesmo período do ano passado, retração de 31%.

Já as exportações subiram 6,9% em abril de 2016. Quando comparado a abril de 2015 o aumento foi de 1,7%. No acumulado, houve retração de 4,2%. Foram enviados para fora do Brasil 5.801 unidades entre janeiro e abril de 2016 contra 6.058 no mesmo período do ano passado.

A Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição Nacional de Veículos Automotores) também divulgou os números no mês de abril. Em relação a participação das marcas no mercado de caminhões, a Mercedes-Benz obteve

30,45%, seguido da Volkswagen com 24,79%, Ford 16,23%, Volvo 11,12%, Iveco 6,85%, Scania 6,59% e MAN 1,69%.