Dentre outras empresas, a Iveco, Saint Gobain Sekurit , Pirelli e Magneti Marelli mostram seus mais recentes produtos durante o 16º Congresso e Exposição Internacionais de Tecnologia da Mobilidade SAE BRASIL 2007, entre 28 e 30 de novembro, em São Paulo.

No painel ecológico batizado de Painel Blue Ribbon, marco Mazzu, presidente da Iveco, apresenta nesta quinta-feira (29/11) o motor híbrido diesel-elétrico exposto no estande da empresa. O executivo vai destacar também o fato de que na Europa a empresa já produz caminhões com motores Euro V – previstos para serem obrigatórios apenas em 2009. A experiência da Iveco com combustíveis alternativos também é avançada. \”No Brasil já estamos prontos para o B5\”, informa Mazzu, lembrando que na Europa a empresa já realiza testes avançados com o B20.

Durante o evento, a Magneti Marelli mostra o sistema bi-combustível SFS® SIM para motocicletas, até o Convergence, um novo conceito de interatividade entre o motorista e o veículo via Bluetooth, que congrega sistema de navegação via GPS, sistemas de concierge eletrônico – busca avançada de serviços via GSM -, sistemas de emergency call, também via GSM, entre outras. O veículo equipado com esta tecnologia ainda executa tarefas simples como ligações para telefones fixos ou celulares através de comando de voz.
A Pirelli Pneus mostra as inovações de nanotecnologia aplicada aos novos compostos de borracha e aos trabalhos sociais de extração de borracha natural no Estado do Acre. Além desses, apresenta modelos matemáticos que engenheiros brasileiros aplicam em simulações computacionais no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Pirelli para criação de produtos que serão exportados aos principais mercados do mundo.

No estande da empresa estão expostos pneus produzidos pelo processo MIRS™ (Modular Integrated Robotized System), homologado para a moto Honda CBR1000 RR, e também utilizado em pneus de tecnologia run-flat que permite rodar vazio por dezenas de quilômetros. As linhas Scorpion, FH85 e TH85, FG85 e TG85 também estarão em exposição, além do lançamento do FR85 Vanguard para o segmento de caminhões. O pneu foi desenvolvido com alta tecnologia e banda de rodagem inteligente, pois possui indicadores que permitem ao usuário preservar a carcaça no início de sua utilização e no final da primeira vida do pneu.

A Saint Gobain Sekurit apresenta o novo vidro Vênus Verde, com 28% de transmitância luminosa para a parte traseira dos automóveis (vigia e laterais traseiras) e que já está disponível para as montadoras. A empresa também mostra o pára-brisa térmico, dotado de resistência praticamente imperceptível, que deverá equipar um dos futuros lançamentos da indústria automobilística e ainda enfatiza os vidros laterais laminados, já em uso nos automóveis Fiat Idea e Punto e que futuramente também serão adotados por outras montadoras.

De acordo com a Resolução 254, do CONTRAN, anunciada recentemente, nas áreas indispensáveis à visibilidade os automóveis poderão ser equipados com vidros com transmitância inferior a 75% para os pára-brisas incolores e a 70% para pára-brisas coloridos e janelas laterais dianteiras. A novidade refere-se às laterais traseiras e ao vigia, cuja transmitância luminosa não deve ser inferior a 28%. A resolução anuncia também a instituição de instrumento de medição aprovado pelo INMETRO e homologado pelo DENATRAN, que permitirá aos órgãos de fiscalização aferir os níveis de transmitância dos vidros instalados nos veículos em circulação.

Trabalho de alunos de engenharia
O Trabalho de Graduação \”Comando de Válvulas Eletrônico\” desenvolvido por alunos da 6ªsérie do período noturno do curso de Engenharia Elétrica do Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia, foi escolhido como o melhor trabalho estudantil do ano em Tecnologia da Mobilidade entre os inscritos na categoria \”Futuros Engenheiros\”.

Os autores do projeto explicam que atualmente há um grande número de pesquisas e procedimentos para otimizar o funcionamento de um motor a explosão. Segundo eles, uma parte desses procedimentos e pesquisas propõe algum tipo de modificação no comando de válvulas do motor, o que resulta melhora do rendimento na maioria das condições de funcionamento do motor. No sistema mecânico atual, a otimização do rendimento em determinada faixa de operação necessita de uma intervenção física no comando de válvulas, procedimento este que, em geral, acaba prejudicando o seu funcionamento em outras faixas de operação. O sistema proposto permite essa otimização sem alteração física de nenhum dispositivo.

Paper da Valeo e Altair
As empresas Altair e Valeo apresentam um paper que demonstra a utilização de software de otimização estrutural no desenvolvimento de produto. Intitulado Otimização estrutural de um defletor de ar, o trabalho é assinado por Rodrigo Benevides, engenheiro de desenvolvimento de produto da Valeo, em co-autoria com o gerente técnico Valdir Cardoso e Ricardo Lahuerta, engenheiro de aplicações da Altair. O estudo de caso descreve como o uso do produto OptiStruct, da suíte de produtos HyperWorks, da Altair, calcula a forma geométrica otimizada de um componente para o setor automotivo, mantendo seu desempenho dentro dos critérios de projetos pré-estabelecidos, com o mínimo de massa.

O OptiStruct é um software da Altair para otimização de estruturas e gera novas formas, topologias e topografias de uma peça, chegando a um resultado ótimo do ponto de vista de onde deve ter material, e onde não é necessário. Desta maneira, as peças podem ser projetadas com menores custos e mais robustas.

Data do evento: de 28 a 30 de novembro
Local: Transamérica Expo Center – SP
Horário: dia 28, das 10h às 21h, e dias 29 e 30, das 9h às 21h.