Físicos brasileiros da Valeo criaram uma iluminação com efeitos de dragões, leões estilizados, caveiras, estrelas ou quaisquer outras imagens que poderão surgir nas lanternas dos automóveis. Esse tipo de iluminação é um dos resultados do programa que a empresa estabeleceu a todas suas divisões em busca de tecnologias de baixo custo para atender às novas tendências do mercado automobilístico mundial.

A nova tecnologia de imagens para lanternas, luzes de posição e de direção foi desenvolvida pelos físicos Otávio Henrique Reis e Whilk Gonçalves, das divisões de Iluminação da Valeo, instaladas em São Paulo, capital, e da França. Trata-se de uma tecnologia que permite produzir lanternas convencionais de baixo custo com desenhos que resultam num aspecto parecido com LED (Light Emission Diode – luz emitida por diodo), atualmente, aplicado somente em automóveis de elevado padrão.

Além das modernas luzes com o mesmo aspecto do LED, idealizadas por Reis e Gonçalves, o programa de tecnologias de baixo custo instituído pela Valeo já resultou, também, em projetos de outras fábricas da empresa, como alternadores e motores de partida, pela divisão de sistemas elétricos; radiadores, pela área de arrefecimento de motores, e limpadores de pára-brisa.

No Brasil, a Valeu deu início a um programa de apresentação às montadoras por intermédio do programa Tech Day, para mostrar aos engenheiros, designers e profissionais das áreas de vendas e marketing as avançadas tecnologias disponíveis e as tendências internacionais do setor.