A edição de 2007 do Guia Quatro Rodas Rodoviário 2007, da editora Abril, chega às bancas de todo o País no início deste mês e traz novidades, como a seção Raio-X das estradas, além de reportagens sobre novas formas de pagamento de pedágios, relação dos os melhores restaurantes, de redes de postos de abastecimento e serviços nas rodovias.

O diagnóstico das estradas mostra uma realidade preocupante, pois mais de 10% dos principais troncos rodoviários brasileiros estão em estado precário, conforme aponta o Guia. São 7.564 quilômetros com muitos buracos, mal sinalizados e asfalto desnivelado. Minas Gerais é o Estado que tem mais buracos e também possui a maior malha viária do País, com 1.743 quilômetros de estradas precárias. Na seqüência, aparecem Bahia, com 1.454 km; Mato Grosso, com 796; Maranhão, com 598; Goiás, com 443; Mato Grosso do Sul, com 419 e Pará, com 406.

Encorpada, a nova edição vem com mais conteúdo editorial do que nos anos anteriores e inclui 132 páginas com reportagens sobre os melhores restaurantes de beira de estrada, as novas formas de pagamento de pedágio e um perfil das grandes redes de postos de abastecimento que se transformaram em verdadeiros shoppings rodoviários. Os 43 roteiros de estradas ganharam uma classificação de postos de gasolina (bom, ótimo e regular) e os símbolos agora ficaram mais fáceis de ler. O Guia é vendido a R$ 29,99 em duas versões: tipo revista ou com capa plástica, apropriada para ser guardada dentro do porta-luvas do veículo.