O aditivo ARLA32 é necessário para os novos caminhões com sistema SCR atenderem as normas de emissões

A AFEEVAS (Associação dos Fabricantes de Equipamentos para Controle de Emissores Veiculares da América do Sul) lançou um hotsite (www.arla32.org.br) para conscientizar e informar motoristas, transportadoras, órgãos públicos e entidades de apoio sobre a importância do Arla 32 na redução da emissão de poluentes gerada por veículos, como ônibus e caminhões.

“A ideia é que esse seja um canal que concentrará todas as informações necessárias sobre ARLA 32. Os usuários poderão ainda ter acesso aos canais de denúncia e notícias na imprensa, além de dicas sobre como combater e reconhecer as fraudes relacionadas ao uso irregular do produto”, comenta Elcio Farah, diretor adjunto da AFEEVAS.

Este lançamento integra uma série de ações adotadas pela entidade que, preocupada com o atual cenário que mostra que o consumo de ARLA 32 está entre 45 a 50% abaixo do necessário para atender a frota de caminhões em circulação no país, tem investido em iniciativas de conscientização da sociedade sobre o tema.

Confira infográfico sobre os perigos de não utilizar Arla 32