Foto: Divulgação Ford (Modelo Ford Cargo 816 - Baú)

Segundo dados do Renavam, a Ford foi a marca que mais cresceu em participação na indústria de caminhões em 2015, fechando o ano com 18% das vendas, um ganho de 3,7 pontos percentuais comparado a 2014. O avanço da marca, pelo segundo ano consecutivo, registrou um total de 12.923 emplacamentos e, entre outros destaques, consolidou sua liderança no segmento de caminhões leves e também foi a mais vendida no de semileves.

“Apesar da queda expressiva nos volumes totais da indústria de caminhões, que chegou a 47,6%, a Ford foi menos afetada, principalmente pela chegada dos modelos da nova Série F, muito bem aceitos no mercado. No nosso caso a redução de volume foi de 34,1%, garantindo esse ganho importante de participação”, informa Antonio Baltar, gerente de Vendas e Marketing da Ford Caminhões.

De acordo com a marca, a Ford continuou a liderar o segmento de leves, o maior da indústria, com as linhas Cargo e Série F. As 6.674 unidades emplacadas corresponderam a uma participação de 31,4%, com a oferta dos modelos Cargo 816, Cargo 1119 e F-4000, este último incluindo a versão 4×4. Em 2014, a sua participação foi de 27%.

Foto: Divulgação Ford (Modelo F350)

A Ford foi líder também dos caminhões semileves – de 3,5 a 6 toneladas de PBT –, aumentando a sua participação de 14,8% para 42% com o F-350. O modelo, usado em aplicações comoentregas fracionadas, serviços de manutenção e distribuição comercial de atacado e varejo, é reconhecido pela resistência e versatilidade.

Outro destaque da empresa foi no segmento de caminhões médios 6×4, usados em aplicações como construção civil e mineração, no qual sua participação cresceu de 14,2% para 18,8%.