Péssimas condições da estrada elevam os custos dos motoristas, provocam maior desgaste do caminhão e aumentam o tempo de viagem

As más condições das rodovias brasileira aumentam o custo da operação, reduz a segurança e a eficiência dos serviços de transporte rodoviário de passageiros e de carga. As informações fazem parte do boletim Economia em Foco divulgado pela CNT (Confederação Nacional do Transporte).

Conforme a Pesquisa CNT de Rodovias 2016, 58,2% dos trechos analisados – o equivalente a 60.165 quilômetros – ainda não oferecem as condições adequadas aos usuários – com problemas no pavimento, sinalização e geometria.

A falta de manutenção adequada por um longo período, afirma a CNT, faz com que, atualmente, sejam necessários R$ 57,08 bilhões para se recuperar somente a condição do pavimento. O valor é quase dez vezes maior do que o total investido pelo governo federal na infraestrutura rodoviária em 2015 (R$ 5,95 bilhões).