Os dois primeiros modelos de ônibus a serem produzidos na Índia pela Tata Marcopolo Motors Limited, joint venture entre a Marcopolo e a Tata Motors, foram apresentados na Auto Expo 2008, em Nova Delhi. Tratam-se dos veículos Starbus e o Starbus LE (Low Entry), expostos ao lado de outros 15 novos modelos de automóveis, utilitários e caminhões, entre os quais o Tata Nano, com preço sugerido de 2.500 dólares.

Os modelos incluem chassi Tata e carrocerias projetadas pelos engenheiros da Marcopolo, de acordo com as características do mercado local. O Starbus LE já está sendo comercializado na Índia e as primeiras 100 unidades, de um total de 525, são destinadas ao novo sistema de transporte coletivo da cidade de Nova Delhi. No segundo semestre, entrará em operação a segunda unidade fabril, que está sendo construída em Dharwad, com capacidade para fabricação de 25 mil veículos por ano, onde será iniciada a produção do microônibus Starbus

O Starbus LE possui piso baixo com 380 mm de altura em relação ao solo e ar-condicionado, além de portas largas, que possibilitam maior rapidez e facilidade nas operações de entrada e saída, com menor tempo nas paradas. Internamente, é equipado com cortinas de ar nas portas para manter a temperatura interna baixa e ampliar o conforto. O motor traseiro também colabora para a redução nos níveis de ruído interno. O veículo possui ainda itens de conforto e segurança como sinais sonoros para abertura e fechamento das portas, cintos de segurança, portas com controle pneumático que impede a partida enquanto abertas, rampa manual para portadores de necessidades especiais e um sistema sonoro que informa o destino e a estação de parada. Outro ponto importante na construção deste veículo é de que a frente e traseira são feitos em aço estampado.

O microônibus Starbus, por sua vez, tem capacidade para transportar 28 passageiros sentados. Segundo a empresa, possui menores níveis de ruído, vibração e é o primeiro na Índia a oferecer um padrão superior de conforto para o passageiro, com grande espaço interno e maior capacidade para bagagens. Outros itens de segurança e conveniência são a porta com acionamento pneumático, controlada pelo motorista, e o piso antiderrapante. O veículo será o primeiro que atende as especificações da nova legislação que entrará em vigor na Índia.

A Marcopolo e a Tata Motors prevêem fabricar mais de 1.000 unidades do Stabus LE em 2008 para atender ao BRTS de Nova Delhi e outras cidades que estão em fase de negociação. Já a produção do microônibus Starbus deverá atingir 2.000 unidades até o final do ano.