Com 5.400 unidades emplacadas no Brasil entre janeiro e setembro desse ano, e mais de 130 mil desde o seu lançamento no País, em 1997, a van Mercedes-Benz Sprinter acabou de ganhar uma edição especial para comemorar o desempenho de vendas do modelo no País. Trata-se de Golden Edition, uma série com 100 unidades que já está à disposição do mercado. A marca encerrou o ano de 2018 na liderança no segmento de large vans, categoria de 3,5 a 5 toneladas de PBT.

Jefferson Ferrarez, diretor de vendas e marketing vans da Mercedes-Benz do Brasil relaciona o baixo custo operacional e o valor de revenda como pontos positivos que tornaram o modelo um sucesso de vendas. Esses itens são confirmados pelo empresário Leandro Zillig, diretor geral da Azul locadora, que já conta com algumas unidades na frota de sua empresa.

Zillig afirmou que comprou sua primeira Sprinter a partir de opiniões de seus clientes. Disse ter feito a experiência transportando passageiros numa feira de mobilidade e sentiu que a recepção em relação ao veículo foi muito boa.  Outro ponto destacado pelo empresário se refere à rede de atendimento e ao programa de manutenção. “Já trabalhei em áreas de desenvolvimento de rede de veículos e isso me permite avaliar critérios de atendimento muitas não percebidos pelos clientes leigos”, acrescentou.

O mercado geral de vans no Brasil cresceu 20% nos primeiros nove meses deste ano, comparado ao mesmo período de 2017. Segundo Ferrarez, o modelo da Mercedes-Benz cresceu 30%, sendo o segmento de passageiros o de maior volume, com 57% das vendas. Em segundo lugar vem o de furgão, que ano passado representava 27% e atingiu 33% em 2018. A versão chassi-cabine, por sua vez, também cresceu e saltou de 10% para 18% no mesmo comparativo.

Jefferson Ferrarez, da Mercedes, e Leandro Zillig, cliente da marca

“Para nossa satisfação, temos muito a comemorar com o desempenho de vendas da Sprinter num mercado extremamente competitivo. Por isso, trouxemos uma edição especial, com um visual exclusivo, para retribuir a confiança e grande aceitação de nossos produtos pelos clientes”, disse Ferrarez.  Ainda de acordo com ele, no acumulado do ano a marca é líder de mercado na categoria, com 36% de participação e emplacamento de mais de 4.750 unidades, entre vans, furgões e chassis.

Após 10 anos, a Mercedes-Benz reconquistou ano passado a primeira posição no segmento de vans.  De acordo com os números citados por Ferrarez, em 2012 a marca detinha 15% de participação e saltou para 36% em 2018. Portanto, a ‘Golden Edition’ é uma medalha de ouro para nossos clientes. O modelo escolhido foi a van 415 CDI 15+1, o best seller da Linha Sprinter”, justificou.

A versão 415 CDI 15+1 é a mais a mais vendida da marca. Todas as 100 unidades ganharam uma cor especial (entre dourado e prata) e adesivo alusivo à edição e volante multifuncional, piloto automático com limitador de velocidade, alarme, rodas de liga leve pretas, air bags para o motorista e acompanhante e grade frontal cromada.

Tratam-se de itens não comuns à versão topo de linha, que conta também tecnologias do ESP Adaptativo (programa eletrônico de controle da estabilidade que reduz os riscos de acidentes, mesmo em situações críticas e garante maior domínio e estabilidade do veículo conforme a carga)  e assistente de ventos laterais (crosswind assist), assistente de rampa e câmera de ré, além de ar condicionado, bancos reclináveis, computador de bordo, faróis de neblina com assistente direcional integrado, luzes de circulação diurna, freios a disco em todas as rodas e disco frontais ventilados.

A Sprinter Gold Edition está sendo vendida pelo preço de R$ 191 mil. Jefferson Ferrarez disse que o preço é também uma homenagem aos clientes e que esse tipo de produto também atrai novos compradores para a marca. “Constatamos esse fato quando lançamos a edição de 20 anos (lançada ano passado, com apenas 20 unidades). O lançamento da série especial, dia 28 de outubro, coincidiu com a data de aniversário dos 62 anos da Mercedes-Benz no Brasil.