A Mercedes-Benz liderou as vendas de caminhões pesados no mês de outubro, atingindo o volume de 828 unidades comercializadas. De acordo com Gilson Mansur, diretor de Vendas de Veículos Comerciais da Mercedes-Benz, o volume alcançado pela marca é um recorde histórico no mercado de pesados.

A empresa explica que desde o início de 2007 lidera as vendas de caminhões pesados, principalmente devido ao sucesso da linha Axor, que tem conquistado clientes pela sua rentabilidade comprovada nas operações rodoviárias e fora-de-estrada. Esses modelos têm atendido de forma adequada aos transportadores que atuam principalmente em atividades ligadas ao agronegócio, cana-de-açúcar, construção civil e mineração, setores hoje em ritmo acelerado de crescimento no País. Entre os veículos pesados da marca mais comercializados durante o ano destacam-se os modelos Axor 1933, 2540 e 2644 no segmento rodoviário e os Axor 3340 e 4144 nas operações fora-de-estrada.

Outro segmento de destaque em outubro foi o de caminhões semipesados. A Mercedes-Benz atingiu o volume de 970 unidades, melhor resultado desde agosto de 2004. Esses veículos realizam o transporte nas áreas urbanas e nas aplicações rodoviárias de médias e longas distâncias, sendo muito utilizados no agronegócio e em atividades industriais. Os semipesados mais vendidos são o Atego 2425 e o L 1620, destaque de vendas no segmento.
Balanço de vendas

A Mercedes-Benz também liderou as vendas de caminhões no mês de outubro, atingindo o volume de 3.256 unidades comercializadas no mercado interno, considerando o segmento acima de 3,5 toneladas. Já no acumulado de janeiro a outubro deste ano, a marca atingiu 26.467 unidades vendidas, representando um crescimento de 29% em relação ao mesmo período do ano passado, resultado que segundo a empresa consolida a liderança da marca no mercado total de caminhões.