A Mercedes-Benz, em parceria com o concessionário De Nigres, em Sorocaba/SP, acaba de inaugurar o primeiro Mercado de Peças da marca, com base no conceito de autoatendimento, o mesmo praticado em supermercados, farmácia, lojas de conveniência entre outros.

A ideia é disponibilizar em um único espaço diversos itens das três linhas de peças da marca, ou seja, as genuínas, remanufaturadas RENOV e peças e acessórios Alliance e oferecer a oportunidade do cliente manusear o produto, escolher o que precisa para o seu veículo e conhecer outros para uma futura compra.

No primeiro mercado da marca, montado dentro do espaço da De Nigris, de Sororcaba/SP,  estão expostos em gôndulas mais de 200 itens das três linhas peças da marca, além de produtos de conservação, limpeza e acessórios para caminhões, ônibus e comerciais leves. O critério foi iniciar com os produtos mais procurado pelos clientes já atualmente o porrifólio da marca inclui uma média de 10 mil itens.

“Antes o cliente não tinha acesso as peças, que ficavam escondida dentro do estoque. Com esse novo conceito queremos oferecer ao cliente a oportunidade de ver, manusear e conhecer melhor o nosso leque de opções de peças e acessórios, que estão espalhadas em prateleiras e gôndulas, assim como acontece nos supermercados, por exemplo, com preços e condições atrativas”, explicou Jaqueline Hilsdorf Neves Marzola, gerente sênior de vendas e marketing de peças e serviços ao cliente.

O diretor da De Nigris de Sorocaba, Itu e Itupeva, Afabio Freitas, explica que o projeto surgiu da necessidade de trazer maior movimento dentro da concessionária e trazer o cliente para dentro da loja e desmitificar que a peça comprada direto da marca não tem preço mais elevado em relação as compradas em outros locais. “No caso de peças, demonstrar os produtos é tão importante quanto uma boa promoção. Especialistas no tema dizem que a demonstração adequada pode ser mais eficaz, sem contar que o ambiente fica agradável para o cliente que pode sentir o produto e decidir pela compra”, destacou.

Jaqueline complementa e afirma que a loja aumenta a chance de venda casada.  “Os produtos expostos aumentam as oportunidades de ele lembrar de outras necessidades e adquirir outros produtos deixando de ser apenas uma compra racional”, explicou.

O projeto arquitetônico do “Mercado de Peças Mercedes-Benz” é idealizado com exclusividade para cada concessionário, de acordo com o espaço físico disponível. Os projetos seguem o padrão e a identidade visual estabelecidos pela marca Mercedes-Benz. Nesse sentido, foram criadas as categorias P (espaços reduzidos), M (espaços amplos) e G (grandes lojas). A ideia é expandir o conceito para toda rede.