A Mercedes-Benz lança a Van Sprinter 413 CDI com capacidade para 16 passageiros, indicada para o transporte de executivos e turistas entre aeroportos, hotéis e locais de negócios e eventos, entre outros. O modelo oferece a maior capacidade de transporte da linha de Vans da marca, além de espaço para bagagens. Com acabamento do tipo Luxo, o pacote de equipamentos inclui freios ABS/ASR e airbag para o motorista.

O entreeixos longo, de 4.025 mm, é uma novidade na linha de Vans Sprinter e permite a instalação de 17 bancos (16 passageiros e motorista). Outra vantagem é o corredor no amplo salão de passageiros que, juntamente com o teto alto, proporcionam a fácil movimentação das pessoas no interior do veículo.

A empresa explica que o veículo possui peso bruto total de 4,6 toneladas e rodado duplo na traseira, que garante robustez e resistência no transporte de passageiros, o que resulta em menor desgaste de componentes e longa durabilidade. Vem equipado com bancos anatômicos de dimensões confortáveis, com apoio de cabeça integrado ao encosto. Este banco é reclinável e conta com revestimento de tecido e apoios de braço individuais, aumentando a comodidade para os passageiros.

O acabamento tipo Luxo inclui, entre os itens de série, ar-condicionado central com controle de temperatura, CD player, pintura metálica e retrovisores externos elétricos com aquecimento. O aspecto segurança é outro destaque do modelo, que vem equipado, também de série, com freios a disco nas rodas dianteiras e traseiras, freios ABS/ASR e airbag para o motorista.  Com 13 modelos básicos, essa família de veículos inclui versões com teto baixo e teto alto; distâncias entreeixos de 3.000, 3.550 e 4.025 mm e capacidade para 9, 12, 15 e 16 passageiros, além de acabamentos tipo Standard, Luxo ou Executivo.

– Marca lidera vendas de vans no Brasil

A Mercedes-Benz lidera as vendas de Vans no Brasil, pois conforme dados de emplacamento do Renavam, entre janeiro e novembro deste ano comercializou 2.413 unidades, volume que equivale a uma participação de 27% do mercado.