Apesar de serem praticamente desconhecidos no Brasil, os caminhões da marca Foden, que eram fabricados desde 1887 tiveram a produção interrompida em 2006, ano em que a empresa comemorou 150 anos de existência. Fundada por Edwin Foden, em 1856, os veículos da marca se mantiveram por muito tempo movidos a vapor enquanto outros fabricantes já tinham aderido ao motor diesel. Em 1931, seu E.R. Foden criou sua própria marca e a Foden produziu seus caminhões até 1981, ano em que foi adquirida pela norte-americana Paccar, dona das marcas Kenworth e Peterbilt nos EUA e DAF, na Europa.

Há dois anos, a Paccar, que já produzia modelos DAF na planta da Leyland Caminhões, a qual também tinha sido adquirida pela empresa em 1998, e Foden, anunciou a possibilidade desta marca ter a produção encerrada em 2006, porque precisava de mais espaço para incrementar o volume dos modelos DAF, para atender os mercados do Reino Unido e Nova Zelândia. O último Foden foi produzido em julho de 2006 e os operadores que têm veículos da marca continuam a ser atendidos 24 horas e 365 dias ao ano por uma rede especializada de autopeças e serviços, mantida pela Paccar. (JG)