O Governo finalizou e inaugurou as obras de restauração, conservação e eliminação de pontos críticos da rodovia BR-101, entre Angra dos Reis e o vilarejo de Tarituba (Parati)/RJ. De acordo com informações do Ministério dos Transportes, os trabalhos foram realizados em trechos de 60 quilômetros da rodovia, na região das usinas nucleares de Angra I e Angra II, considerado fundamental para evacuar a população em caso de acidente. Para atender aos moradores dos municípios de Sapinhatuba, Areal, Japuíba 2, Bracuhy, Santa Rita e Japuíba, foram construídas cinco passarelas elevadas e uma passagem subterrânea de pedestre e veículos. Os trabalhos foram realizadas pela Eletronuclear, por meio de convênios com o Ministério dos Transportes, com supervisão do extinto DNER (Departamento Nacional de Estradas de Rodagem), substituído pelo DNIT (Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes).