A Petrobras e a WilliamsF1 estão comemorando o 100º GP disputado em parceria, que, de acordo com a petroleira serviu de laboratório para o consumidor brasileiro ter uma gasolina cada vez melhor. Com a tecnologia utilizada para desenvolver o combustível para a equipe inglesa, a Petrobras lançou em 2002 a gasolina Podium e com isso, disponibilizou um combustível com padrão ambiental que a Europa e os Estados Unidos só exigirão a partir de 2005. Para o coordenador de patrocínios esportivos da Petrobras, Claudio Thompson, a parceria com a Williams aumentou ainda mais a importância do Brasil na história da Fórmula 1. “O automobilismo mundial, que já conhecia o valor do piloto brasileiro, também passou a conhecer a qualidade e a tecnologia da gasolina produzida no Brasil”, afirma Claudio.