O movimento de cargas no Porto de Santos cresceu 6,5% no primeiro trimestre do ano, conforme apontou levantamento realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Um dos fatores que contribuiu para este resultado foi o volume de carga para exportação, que aumentou 28,2%. O açúcar e a soja em grãos – que atingiram crescimento superior a 62% e 136%, respectivamente – foram o destaque nos embarques para o exterior. As cargas de importação apresentaram queda de 27,4%, determinada, principalmente, pela redução nas descargas de adubo (82,1%), hulha betuminosa (21,1%) e trigo (31,2%).