O segmento de distribuição de carga urbana acaba de ganhar dois novos produtos com a chegada dos furgões Citroën Jumpy e o Peugeot Expert. Com capacidade para 3,2 toneladas de PBT, os estreantes no mercado brasileiro vão concorrer  em um nicho onde a combinação espaço de carga e versatilidade são itens  bastante valorizados

Por João Geraldo

A capacidade para transportar até 1,5T tornam o modelo apto a diversas aplicações

O segmento urbano de distribuição de carga passou a contar com dois novos representantes dos veículos na faixa de 1,5 tonelada de carga útil. Trata-se do Citroën Jumpy e o Peugeot Expert dois furgões que utilizam a mesma plataforma e o mesmo trem de força, porém com diferentes estratégias de mercado para conquistar transportadores de carga e profissionais de variadas áreas que precisam de um furgão para diferentes aplicações além do transporte de mercadorias.

Com as restrições ao tráfego de caminhões nas grandes cidades, em prática há alguns anos, os veículos urbanos de carga, que ficaram conhecidos como VUCs, ganharam espaço nos centros urbanos e se tornaram um atraente mercado para os fabricantes do setor.

Os dois modelos da marca francesa chegam para concorrer num nicho de mercado bastante novo no Brasil, no qual a Mercedes-Benz atua com o Vito há cerca de dois anos, um veículo fabricado na Argentina, na mesma fábrica onde é feita a família Sprinter. Já os dois modelos da marca francesa, seguem da França em CKD para a fábrica do Grupo PSA no Uruguai onde são montados e distribuídos para o Brasil e demais países da America Latina.

Com PBT de 3.2 toneladas e espaço para carga de 6,6m3 ambos foram concebidos para o transporte em trechos urbanos. Chegam ao mercado brasileiro com a missão de atender o segmento de furgões de pequeno porte (5,309m de comprimento, 2.204m de largura e 1,93 de altura), versáteis e com capacidade para acessar diferente locais para carga e descarga, inclusive estacionamentos e garagens subterrâneas  de prédios.

Com 5.309mm de comprimento, 2.204mm de largura e 1,94mm de altura, o espaço de carga é de 6,6m³; compartimento do motorista éigual o de um carro de passeio

O motor é uma unidade turbo diesel 1.6 de quatro cilindros em linha, e 115cv de potência a 3.500rpm e 30mkgf a 1.750 rpm. A porta lateral é deslizante de 935mm. A caixa de câmbio tem seis velocidades e a suspensão é adaptada para as vias brasileiras e freio a disco nas quatro rodas.

Também faz parte dos veículos tecnologias de controle de estabilidade, assistente de rampa, limitador e regulador de velocidade, ar condicionado, volante com regulagem de altura e profundidade, retrovisores com ajuste elétrico e banco do motorista com regulagem de altura entre outros itens.

O Peugeot Expert é disponível em duas versões de acabamento, assim como o Citroën Jumpy, modelo que já superou a marca de 100 mil unidades comercializadas em todo o mundo. Os dois veículos levam dois passageiros no banco da frente, além do motorista.

A porta deslizante com 935mm facilita o carregamento e descarregamento pela lateral. Já as portas traseiras 50/50 possuem abertura de 90º podendo chegar a um ângulo de 180º

Por tratar-se de veículos comerciais de carga, as duas marcas se preocuparam em oferecer serviço diferenciado para os clientes, nas respectivas redes de concessionários. O Expert conta com o Peugeot Professional Center para atendimento prioritário aos clientes do modelo. Já os compradores do Jumpy contam o serviço Pós-vendas Compromisso Citroën Pro. O preço de veda dos veículos é a partir R$ 79.990,00