Atentos aos sinais de aquecimento do mercado, depois de um período de retração, fabricantes de implementos rodoviários  se mostram otimistas e apresentam novos  produtos na maior feira de transporte do continente

Por Daniela Giopato

Mesmo diante do resultado negativo registrado nos oito meses de 2017 pelo setor de implementos rodoviários, com o emplacamento de 35.505 unidades, 14,37% a menos do que as 42.629 unidades do mesmo período de 2016, a Anfir – Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários de Carga – acredita que o setor deva encerrar este ano com acumulado de 5% superior a 2016. Embora dirigentes da associação entendam que seja ainda muito cedo para fazer previsões sobre o mercado, as expectativas para 2018 são de um crescimento ainda maior do setor.

Semirreboque com desenho estrutural do chassi e menor tara é uma das novidades que a Noma apresenta na Fenatran. Este ano a empresa está completando 50 anos

É com esse clima de otimismo que 23 empresas associadas a Anfir participam da Fenatran e apresentam as suas principais novidades para o setor do transporte rodoviário de cargas, com o objetivo de estreitar o relacionamento e alavancar negócios.

A Noma, por exemplo, que este ano completa 50 anos de atividades no mercado, participa com três novidades em três diferentes linhas de produtos. Os basculantes estão com novo design que permitiu a redução da tara, além de terem sido incorporados componentes para aumentar a segurança operacional e estabilidade no basculamento. Na linha de semirreboques graneleiros, a novidade fica por conta da redução da tara e o desenho estrutural do chassi e os novos tanques ganharam em estabilidade devido ao centro de gravidade.

Um dos lançamentos da Randon é o semirreboque Top Sider Versátil, que possibilita diversas combinações devido amarração do chassi com variados pontos de fixação

A Randon, por sua vez, apresenta a linha semirreboque basculante na qual o destaque fica por conta da nova basculante de 30m3 destinada a aplicações severas, como o transporte de areia e brita. A empresa utilizou no projeto chapas de alta resistência, revestimento interno da caixa de carga, com maior espessura, e colunas mais reforçadas.

Outro produto da marca presente no evento é o semirreboque Top Sider Versátil, indicado para o transporte de cargas paletizadas ou acomodadas em rack, como autopeças, alimentos, produto de higiene, limpeza e carga geral. O implemento possibilita diver­sas combinações por conta da amarração feita no chassi com variados pontos de fixação. Entre as novidades estão também o Tanque Cilíndrico Linha R -produzido em aço carbono e equipado com caixa de proteção do acionamento das válvulas e novo corrimão polimérico -, e a Base de Contêiner, desenvolvida para o mercado peruano para o transporte de rotainer (contêiner com menos de 20 pés).

Semirreboque graneleiro da Librelato tem diferenciais nos materiais da caixa de carga, nas fixações e iluminação total em LED

A maior novidade da Librelato é o graneleiro Linha Premium, produto que, segundo a empresa, consumiu R$ 1 milhão de investimento. Como diferenciais a caixa de carga é revestida em material alternativo chamado Eco+, composto de alumínio e polietileno. A fixação dos painéis de revestimento é feita por parafusos com porcas rebite que não danificam a lona de cobertura; o acabamento é feito em polímero, borrachas de vedação e ferragem de aço carbônico. Outra novidade do produto está nas lanternas traseiras com iluminação 100% em LED e luz de indicação de direção sequencial.

Em comemoração aos seus 25 anos de mercado, a Truckvan anuncia durante a feira a sua nova unidade móvel de eventos, que servirá como espaço VIP para receber convidados. O equipamento conta com estrutura diferenciada, como dois andares e seis ambientes. Outro produto em exposição será um semirreboque com piso móvel para transporte de biomassa, que gera redução de custo e agilidade expressiva na entrega.

A empresa aproveita a Fenatran para anunciar a entrada em um novo segmento, o rodoferroviário e lança um conjunto mecânico para montagem em caminhão, o qual possibilita que o mesmo rode em rodovias e ferrovias fazendo manutenção e também construção de linhas novas.

A Rossetti, por sua vez, tem como novidade o semirreboque da linha VR (o nome homenageia o fundador da empresa), com 40m3 de capacidade. Trata-se do primeiro implemento dessa nova linha que traz como diferencial a redução de 80% das as costelas (colunas de sustentação). Com isso, a empresa garante que passa a oferecer o semirreboque basculante mais leve do mercado e com maior ângulo de basculamento. O produto é indicado para operações em setores de construção pesada, areia, brita e mineração em geral.

Unidade móvel que serve como espaço VIP é uma das atrações da TruckVan na Fenatran

O gerente de engenharia da Rossetti, Fabio Soave, explica que é um implemento diferenciado fabricado com caixa de carga em aço de alta resistência estrutural nas laterais e alta resistência ao desgaste no fundo. Acrescenta que o quadro inferior do semirreboque basculante recebeu reforços diagonais tubulares que o tornam mais rígido e resistente a torções. A empresa vai expor também caçambas meia cana, sendo uma delas de 20m3 e outras duas de 14m3 nos estandes da MAN e Volvo.