Cavalos-mecânicos da linha CF serão oferecidos no mercado brasileiro com duas opções de cabine e nas configurações de eixo 6X2 e 6X4

Com a introdução da nova linha, a empresa passa a concorrer no mercado brasileiro com dois modelos pesados

Por João Geraldo

Fotos Divulgação

Ao completar dois anos de produção no Brasil e participar pela terceira vez na Fenatran, a DAF lança sua segunda linha de caminhões pesados no País. Trata-se da linha CF85, cujos veículos chegam ao mercado brasileiro para atuar na faixa de cavalos-mecânicos que operam no transporte de cargas rodoviárias em trechos de curtas e médias distâncias. A linha CF havia sido anunciada pela empresa desde a sua primeira participação na Fenatran, em 2011.

A nova família de caminhões chega para engrossar a oferta de produtos da marca holandesa no mercado brasileiro. De propriedade do grupo Paccar, dos Estados Unidos, o qual produz também os pesadões das marcas Kenworth e Peterbilt, já conhecidas pelos transportadores brasileiros, a DAF tem fábrica construída no município de Ponta Grossa/PR.

Espaço interno da cabine é um dos pontos de destaque dos caminhões dos extrapesados da marca DAF
Espaço interno da cabine é um dos pontos de destaque dos caminhões dos extrapesados da marca DAF

Os modelos da linha CF85 anunciados pela empresa serão produzidos com duas opções de cabine e motor Paccar MX de 12,9 litros, nas potências de 360 e 410cv. Os modelos têm transmissão automatizada ZF de 16 velocidades e serão disponibilizados nas configurações de eixo 6X2 e 6X4. A empresa não adiantou outros detalhes dos novos produtos, mas na Europa a linha CF oferece maior gama de motorização, com opções de 310, 400, 440 e 460cv. Outras novidades da DAF destacadas em sua terceira participação na Fenatran estão na oferta de novas configurações da linha extrapesada XF105, mais opcionais nos veículos e as modificações aplicadas às cabines, as quais deixaram os produtos mais atualizados. Um dos destaques está na Super Space Cab, a qual é classificada pela empresa como a maior e mais espaçosa cabine do mercado brasileiro, com altura interna de 2,10m.