A Câmara Municipal de Santana do Parnaíba convidou o presidente da Viaoeste , José Brás Cioffi, para discutir amanhã (27/04) medidas que a concessionária pretende implantar com a nova administração. A Câmara protocolou no Cade, em Brasília, processo administrativo contra Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR), na tentativa de impedir o fechamento de mais acessos e implantação de outros pedágios nas rodovias Castello Branco e Raposo Tavares. O requerimento solicita a concessionária providências como liberação dos acessos e da praça de pedágio na via marginal expressa da Castello Branco dentro do raio de 35 km do marco zero da capital de São Paulo, sob pena de execução específica. Além disso, caso não seja acolhido o pedido de suspensão de cobrança de pedágio, que a fixação do valor a ser cobrado nas vias marginais seja no mesmo padrão tarifário vigente no restante do sistema Castello Branco/Raposo, com cobrança em um só sentido, se mantendo os acessos à via expressa da rodovia, nos trevos de Tamboré e Alphaville.