A Scania complementa sua linha de caminhões através da introdução do P 310 6×4, que além da capacidade de 28,5 toneladas de carga, pode  tracionar configurações tipo Romeu e Julieta que superam 50 toneladas, e é destinado aos segmentos de construção civil e cana-de-açúcar.

O novo veículo vem equipado com propulsor de 9 litros, 310 cv de potência e torque de 1.550 Nm entre 1.100 e 1.300 rpm. Está disponível na opção cabine simples ou leito, tomada de força para caixa de mudanças, ar-condicionado e diferentes níveis de acabamento interno.

\”A Scania já tem seus produtos para aplicações severas muito bem posicionados nos segmentos que transportam elevadas cargas, como no caso de minas, grandes obras de infra-estrutura, áreas florestais e agricultura. Faltava uma opção para atender obras em canteiros urbanos, movimentação em cana-de-açúcar em composições mais leves e serviços de apoio, como guindastes e lubrificação. São veículos que não transportam tanta carga, mas trafegam igualmente em topografias acentuadas\”, explicou Roberto Leoncini, gerente executivo de vendas de caminhões da Scania.

No ano passado, os veículos 6×4 e 8×4 para mineração, transporte de cana-de-açúcar e madeira representaram mais de 15% do total das vendas de caminhões da marca no Brasil. Já o modelo P 310 6×4, em sua configuração básica, tem preço sugerido de R$ 265 mil.