Para informar os usuários sobre o uso do biodiesel e oficializar o apoio da Volkswagen ao Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel, a partir do início de outubro todos os caminhões e ônibus da marca sairão de fábrica com um selo afixado no pára-brisa, para mostrar que podem rodar com 2% de biodiesel adicionado no óleo diesel.

Em 2004, a Volkswagen e o Grupo Martins firmaram uma parceria para colocar nas rodovias nacionais os primeiros caminhões com Selo Verde, concedido pela Fundação SOS Mata Atlântica, vinculado ao comprometimento da empresa plantar 12 árvores para cada caminhão com motor eletrônico vendido no País. Atualmente, todos os veículos saem de fábrica com o Selo Verde e a montadora informa que aproximadamente 60 mil árvores já foram plantadas em Resende/RJ, região onde a marca monta seus produtos.

A partir de 2008, a mistura B2, que significa a adição de 2% de biodiesel no óleo diesel, será obrigatória e por volta de 2013, o percentual permitido passará para 5%. Por esse motivo, a montadora já se prepara através de testes em caminhões com misturas de biodiesel B5. A proposta da pesquisa é garantir, daqui há alguns anos, que os veículos circulem sem problemas com essa composição de combustível no mercado doméstico.