O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) realizará, no mês de abril, uma blitz nas estradas paulistas para fiscalizar veículos-tanque que transportam cargas perigosas. A iniciativa visa orientar os motoristas sobre os cuidados a serem adotados no transporte desses materiais e tirar de circulação os veículos transportadores de produtos perigosos que trafegam irregularmente. Na última ação, realizada na sexta-feira passada na Baixada Santista, na Rodovia dos Imigrantes, 37 veículos foram fiscalizados, dos quais seis receberam auto de infração e dois foram apreendidos. Durante a operação, são verificadas as condições de segurança do veículo, como freio, direção, suspensão e os tanques são inspecionados. Segundo o Ipem, em média cerca de 30% dos veículos verificados são autuados. Em 2003, houve 90 blitz em todo o Estado, quando 2.447 caminhões foram fiscalizados, 738 autuados e 365 apreendidos. Caso seja constatada irregularidade, o veículo é impedido de trafegar (até que o problema seja resolvido) e o responsável é autuado. A penalidade pode ser em forma de advertência ou multas, que variam de R$ 100,00 a R$ 5 mil.