A Borrachas Vipal investiu no Programa Permanente de Economia de Água em suas unidades de produção e o sistema de captação de água da chuva é um dos principais exemplos. A empresa era abastecida, inicialmente, por água de poços artesianos, e por conta de sua escassez foi projetado sistema de coleta de água da chuva para evitar o máximo extrair água do lençol subterrâneo. A água da chuva, hoje, atende 25% do consumo na linha de produção, e outra preocupação com a água é a implantação da Estação de Tratamento de Efluentes, que após receber água residuária gerada pela produção, sanitários e refeitório, os efluentes passam por duas etapas de tratamento, físico-química e biológica. Ontem, (22/03), foi comemorado o Dia Mundial da Água.